Sessão Paralela I.B

Sessão Paralela I.B
A Reconciliação da terapêutica em Farmácia Hospitalar: Que ganhos em Saúde?

 

Helena Neves, IPO Porto

Mestre em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, em 2013. Especialista em Farmácia Hospitalar pela Ordem dos Farmacêuticos, em 2018.
Desde 2013 exerce funções como farmacêutica hospitalar no Instituto Português de Oncologia do Porto. Entre 2014 a 2017 foi ainda farmacêutica tarefeira nos Serviços Farmacêuticos do Hospital Pedro Hispano.
Em 2015 desenvolveu o modelo de Reconciliação da Terapêutica para os Serviços Farmacêuticos do IPO-Porto e desde aí encontra-se directamente associada a este projecto.

 

 

 

Teresa Cunha, Centro Hospitalar Universitário do Porto

Em 1999 licenciou-se em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia d Universidade do Porto. Até 2004, trabalhou como Assistente do ramo de Farmácia nos Serviços Farmacêuticos do Hospital Padre António. Desde então é Farmacêutica Assistente  nos Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar Universitário do Porto. Em 2005 conclui Mestrado em Oncobiologia na área Clínica Laboratorial do ICBAS e em 2006 obteve o grau de Especialista em Farmácia Hospitalar. Pós graduação em Especialização de Cuidados Farmacêuticos da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto. Neste momento é Farmacêutica interlocutora da Unidade Dor Aguda e membro da Unidade da Dor Crónica do CHUP. Nos Serviços Farmacêuticos desta instalação é também Responsável pelo processo de Cuidados Farmacêuticos e pelo Setor de Distribuição Individual Diária em dose Unitária e Membro da Comissão de Farmácia e Terapêutica.

 

 

 

 

Moderação

Associação Portuguesa de Farmacêuticos Hospitalares